terça-feira, setembro 09, 2008

Bl1ndn355 - part 1





Um texto meu de 2005. . .






[A FALSIDADE CHEGA E PÁRA...
ESTAMPA-SE NA CARA DAS PESSOAS...
INVADEM SUA VOZ E O COMANDO VERBAL
É ACIONADO POR MENTIRAS ENGATILHADAS...
E VC SUCUMBE SEM SABER O QUE ESTÁ ACEITANDO.
NO FINAL -QDO HÁ UM FINAL- AS VIDRAÇAS JÁ ESTÃO TODAS QUEBRADAS.


VC NÃO HAVIA NOTADO, MAS ESTÁ AFUNDADO NUM LAMAÇAL...
QUANTA HIPOCRISIA E VC NEM PERCEBEU...
ONDE ESTEVE COM A CABEÇA?
COMO ENTREGOU ASSIM,
SEU CORAÇÃO E ALMA...
CORPO JÁ FERIDO,
NOVAMENTE À ALGUÉM QUE ARTICULADAMENTE,
DEFINHAVA-TE LENTAMENTE,
APRISIONANDO E SUFOCANDO...
PARA TE MATAR ENQUANTO DORMES...
E SE NÃO DESPERTASSE A TEMPO...
EM QUE SONHO ESTARIA PRESA AGORA?]




By Bárbara Stracke.

Imagem: Lorrainemd - Curdle


7 comentários:

Belcrivelli disse...

Falsidade, hipocrisia...
Tem pessoas piores que erva daninha, que pedra que te carrega pro fundo e que faz de tudo para te afogar. Todo cuidado é pouco.
E pior do que inimigo declarado é falso amigo, porque o último te apunhala pelas costas e, quando você perceber, será tarde demais...
Comentário amargo? Bom, digamos que já passei meus pedaços, talvez por ingenuidade, talvez por acreditar que todos são bons até que se prove o contrário...

Belcrivelli disse...

Ah, esqueci de dizer que fiquei muito feliz ao ler que meu post incentivou-a a procurar um emprego melhor!
Faça isso mesmo: acredite na sua capacidade!

Jaqui (nuala.die.fee) disse...

é impressão minha ou vc tá tendo um déjà vu e por isso resolveu buscar o texto de 2005?

hm. Engraçado. Eu vivi muito raramente a hipocrisia.
Quero dizer, convivi com pouquíssimas pessoas hipócritas e/ou falsas.
Não sei se foi por sorte ou simplesmente porque eu não me preocupo com quem não me faz bem. Só dedico meu tempo e meu amor a quem vale a pena. E por isso, se alguém resolver esfaquear pelas costas, eu simplesmente ignoro o indivíduo e removo-o da minha memória. Recuso-me a perder um único segundo que seja da minha vida com quem não me faça bem.
Afinal de contas, como disse a Dona Beija (Maitê Proença) naquela novela da finada Rede Manchete: "cada um dá do que gosta." (ela escreveu isso num bilhetinho que mandou junto com lindas flores a uma fidalga que havia lhe enviado originalmente uma caixa cheia de merda de cavalo, hehehehehehe...)

Vani Vomit disse...

Meu, vou ser bem sincera...eu não sou muito fã de poesias...mas os seus textos me agradam!!!
=*

Dr. Prozac disse...

93.
Não tenho muito a dizer, pode ser porque estou bêbado deste vinho barato que chapo agora, mas afirmo que tenho muita simpatia por ti, Bárbara, mesmo sem te conhecer pessoalmente.seus textos são sinceros e inteligentes.Parabéns e um grande abraço.
Marcos.
93, 93/93

Tyellë disse...

Olha, faço minha as suas palavras
a falsidade é foda
e o pior que não estamos livres disso, nunca...faz parte da vida, agente só percebe quando se engana, ai fudeu...já foi, já era...não escapa

bjus Barbie...
lindo texto

tenha um ótimo domingo

Belcrivelli disse...

Eu conheci a Jaque antes dela ir para a Alemanha, na casa de uns amigos. Não tive tantas oportunidades de fazer coisas com ela, mas as que fiz foram ótimas! Sinto falta de ter tido mais oportunidades, afinal, a alegria dela é contagiante!
Sim, as Pérolas da Infância são da minha filha de 8 anos!
Boa sorte para a sua vida profissional! Estou torcendo pelo seu sucesso!
Abraços!