quarta-feira, junho 25, 2008

Lívia in the Wind.











“Linda flor que à brisa se entrega







Possui todas as cores sem ser nenhuma







Dizem que furta-cor, mas ela as ganha







Dos pequenos ao seu redor e, do sol que a celebra.













Pálida tulipa de abismal beleza



Quando floresce, todos brilham



E quando adormece embriaga a escuridão com seus sonhos.



O vento que vem e passa


Te tira para dançar


Toca em tuas pétalas, faz graça


E leva teus encantos, aos distantes que querem te abraçar.



É a estrela que ofusca o campo!


Teu riso e teu pranto, tornam-se suave canto.


Nem mesmo o distraído pirilampo


Passa sem desejar-te tanto!



Te abraço, como quem a colhe,


Eis que te semeio com um beijo.


Pois teu jardim, assim como vejo


É o amor que nunca morre...”


***


Imagem: Lívia in the Wind - by Bárbara Stracke { pastel & aquarela }

Texto: Tulipas ao Vento - by Bárbara Stracke


{texto e desenho para Lívia Komar, Mar/2008}

2 comentários:

luizastracke disse...

Baby,é um prazer ser sua mãe.
Dizem que os filhos aprendem xom os pais,mas vejo que no nosso caso se dá o inverso.Te amo muito.


Beijos Mamis

Lívia Komar disse...

Você é um doce de amiga!
É muito bom ter o prazer da sua amizade, q já ultrapassou os limites "virtuônicos"...rs!
Adoro-te e estou sempre torcendo por vc.
Lívia