segunda-feira, outubro 06, 2008







que venha o ká,
como deve ser,
com ou sem discórdia!

acompanhado de Kafka,
exatamente 2 anos depois,
menos lusitano, porém não mais expressivo.

que os erros se afoguem,
pois que haja sempre água em nossos poços.
E mais de um poço, sempre.




{29/Jan/2008}








Sobre o Destino e nossos caminhos. by me.








2 comentários:

Vani disse...

curti...bem viajado o texto...vc prefere um poço meio cheio ou meio vazio..rs!
bjus

Belcrivelli disse...

Me lembrei quando li Metamorfose...
Você já leu?
E não, ainda não tive o prazer de ler Lobo Solitário. Só me falaram bem dele até agora!